Raiva!!!

Esse é o sentimento que tive ontem durante e depois do jogo do Palmeiras. Pode parecer contraditório, pois vencemos o jogo, mas… Senão vejamos:

Raiva:

1. Por não ter grana para comprar a terceira camisa. Bonita e moderna. Nem se compara com a tentativa daquela ‘prata’, que mais parecia cinza. A próxima poderia ser uma homenagem à seleção italiana. Fica como sugestão. Mas, bola dentro da diretoria de marketing e da Adidas.

2. De mim mesmo, pois ao ver a escalação errei duas vezes. Critiquei o Caio Junior por ter tirado o Luiz Henrique e colocado o Marx. Achava que quem deveria ter saído era o Edmundo. E não é que o Caio acertou e eu errei nas duas. O Max fez uma boa partida, centroavante que é fez o pivô, segurou os zagueiros e foi a referência que cobramos há meses. O Edmundo fez a sua melhor partida do ano, aliás, dos últimos anos. Ponto pro Caio Junior, pro Edmundo, pro Max. Zero pra mim como técnico.

3. Da imprensa (aqui na figura do Trajano e do Calazans) que fica dizendo que o Pierre é violento, jogadorzinho, etc. Ele simplesmente não errou ontem. Cobriu a zaga, desarmou, não fez faltas e, ainda por cima, anulou o ‘craque’ do time deles (o nosso presente de natal Paulo Baier. Raiva do Palaia por isso).

4. Da arbitragem que ‘fodeu’ o campeonato, entregando de mão beijada para os bambis. Palhaçada. Veja aqui a classificação corrigida, se os ‘assopradores de latinha’ não tivessem ‘ajudando’ as meninas do Morumbi.

5. Do time, pois poderia jogar da maneira que jogou ontem em todas as jornadas. O Diego nem tocou na bola, pois a zaga não vacilou. Os volantes cobriram a zaga, não deram espaço para a armação deles, os laterais marcaram e foram ao fundo, o Caio conseguiu substituir o ‘Mago’ – até fez gol, o ataque (com Marx e Edmundo) infernizou a defesa deles. Enfim, uma das melhores partidas do Palmeiras no ‘brasileirinho’.

6. Do Caio Junior, pois ele poderia sempre armar bem o time como ontem e não ficar inventando e depois ter que ‘desinventar’ durante o jogo.

7. Do Martinez que tem jeito de craque, pinta de craque, toque de craque… Mas é um burocrata. Ontem, não jogou, e não fez falta. Talvez um banquinho vá bem.

Só não tive raiva da torcida, que mais uma vez – apesar de ser um jogo em um domingo, às sete da noite, feriadão – compareceu e deu show. Aliás, tive raiva, mais uma vez, da ‘seleção brasileira’ (o motivo de um jogo neste horário) e da Globo (que manda no futebol brasileiro). Essa seleção não me representa, queria muito que não se classificasse para a Copa. Seria uma bela lição para esses ineptos que comandam o futebol do Brasil.

Enfim, estou com raiva por mais um ano que vamos passar em branco. Espero que a previsão de um 2008 de títulos se concretize, pois vaga na libertadores também tem o Campeão Brasileiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: