Nota da assessoria de imprensa do Palmeiras

MAIS UM FACTÓIDE DO SÃO PAULO

Depois do goleiro Bosco simular que teria sido atingido na cabeça
por uma pilha no jogo pelo Brasileiro do ano passado -e ter sido
flagrado pelas câmaras que revelaram a farsa-, desta vez o São
Paulo não permitiu que o time se trocasse no vestiário, alegando que
o “cheiro de gás era insuportável” e que “faltava água”. Mais uma
farsa. Dois repórteres de TV, um da Gazeta e outro da ESPN, entraram
no vestiário no final da partida e constataram não haver cheiro
algum lá dentro. E água não faltava.

Veja em anexo fotos do vestiário do visitante que o São Paulo alega
não ter condição de recebê-lo.

Assessoria S.E.PALMEIRAS – LÍBERO COMUNICAÇÃO
Fábio Finelli
Helder Bertazzi
Marcelo Tadeu Lia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: