É CAMPEÃO… É CAMPEÃO…

Bom dia Palmeirense. O Estado de São Paulo é verde, o Brasil é verde, o mundo é verde…

Demorou o post, mas depois de uma noite muito bem dormida, apesar das muitas cervejas e alguns copos de vinho, aqui está o post sobre o título. Mas, vamos por partes.

O Jogo

Comentar o que de um time que em um jogo final mete CINCO A ZERO no adversário? Somente dizer que o trabalho está correto, que acertamos na contratação de TODOS os jogadores que vieram (inclusive aqueles que foram motivo de chacota por parte de nossos adversários e de sua assessoria de imprensa: mídia), acertamos na contratação do técnico e sua comissão (isso vai valer um post, pois já que alguns querem ‘medir’ custo/benefício vamos ensiná-los a fazê-lo da maneira correta) e que a diretoria está no caminho certo (vai valer um outro post, numa análise sobre os erros e os acertos, pois na parte administrativa, ingressos por exemplo, há falhas). Mas agora, não falaremos sobre nada disso, o que vale é comemorar, os posts de análise – acima citados – virão durante essa semana.

O Elenco

Vale ressaltar que todos foram muito bem durnte o campeonao Paulista e o título veio para a melhor equipe e o melhor elenco, mas vamos lá: Marcos, voltou à velha forma e retomou o lugar de MELHOR GOLEIRO DO MUNDO; Laterais o direito (Granja) valendo cada centavo pago por sua contratação e o Leandro (esquerdo) estreando este ano no time; Zaga (Gustavo e Henrique) se firmando como uma das melhores duplas de zaga do Brasil; Pierre, mostrando ser, sem sombra de dúvidas, o maior primeiro volante o Brasil (o Dunga ainda convoca o Ricky!); Léo Lima, calando a boca de seus críticos e já merecendo uma ‘chancezinha’ na seleção; Martinez, voltando a ser o bom jogador da época do Cruzeiro quando era dirigido por ninguém menos que Luxemburgo; Kleber, abrindo os espaços, trombando com os zagueiro, e batendo neles, quando necessário; Alex Mineiro, artilheiro, nove-nove, daqueles que nos momentos decisivos aparece e deixa o seu; Valdívia, o maestro, o craque, o ídolo, marcando ontem, de forma espetacular o terceiro gol para calar os críticos, aqueles que – como o amargo Kalil – insistem em dizer que não ´um jogador que aparece em decisões, o estranho é que a primeira decisão dele com a camisa do Palestra foi ontem; e Luxemburgo, mostrando quem é – e do que é capaz, oito títulos Paulista, além de vários brasileiros, e ainda tem gente que diz que não vale a pena tê-lo comandando uma equipe.

A Torcida

Nota dez para a festa da torcida que não parou de cantar um minuto sequer, fez uma festa maravilhosa e foi impedida de continuar a comemoração na rua Turiassu. Não sei qual o motivo da confusão, mas tenho informações de que foi um misto de falta de preparo da polícia (truculência), com uma pitada de irresponsabilidade de alguns torcedores, mas – a confusão de ontem – foi a segunda parte daquela iniciada na venda dos ingressos (já disse que isso será tema de discussão por aqui).

Dedicatória

Esse título eu dedico ao meu pai (Palmeirense de primeira hora); ao meu irmão e meu sobrinho, que não puderam vir pela falta de ingressos; a toda mídia Palestrina, que perseverou e em nenhum momento desistiu ou deixou de acreditar que o gigante estava de volta; ao Raphael Falavigna, que na quinta ou sexta me disse que o jogo seria CINCO A ZERO e eu deveria ficar calmo, e que de tanta certeza levou sua filha de seis anos para debutar na final; ao André, sua ‘jovem esposa’ e Maurício Falavigna(s), que estiveram comigo na final; ao Igor, que em um gesto de bondade, amizade e camaradagem, conseguiu o ingresso que me possibilitou assistir à final nas arquibancadas, que é o meu lugar; a todos os amigos da arquibancada que há alguns anos assistem os jogos juntos, se concentram no Bar Alvi-Verde da Turiassu, e juntos sofreram com a estiagem de títulos (citarei três para representar a todos aqueles que sempre lá estão, por isso aqueles que não estiverem citados aqui se sintam representados): Junião (Alceu, eu te amo), Leandro (até bate-boca para entrarmos no estádio tivemos juntos esse ano) e Serginho (que mesmo onde só cabiam dois conseguiu uma vaga em seu carro para que eu fosse para Barueri); e, finalmente, a todos os Palmeirenses, pois estes merecem, sofreram e agora puderam gritar ‘É CAMPEÃO’.

Aguardem para essa semana mais posts sobre o título, sobre o tema custo/benefício, sobre os ingressos, um balanço do trabalho da atual diretoria, e claro, sobre o bolão, que tem início no próximo final de semana com o campeonato Brasileiro.

Enfim, estamos muito felizes. Comemorem Palmeirenses, não deixem aqueles que estão desligados da realidade e dizem ser o campeonato regional um título de menor importância, pois para mim é o mais importante do ano, pois foi vendo confrontos regionais que a rivalidade entre nós e os gambás se constituiu em um dos maiores clássicos do mundo. O resto é papo de gente que se acha vanguarda, ou de maus perdedores.

Palmeirense, se preparem, pois vai faltar voz para gritar ‘É CAMPEÃO’, pois esse time, com os reforços que estão para ser anunciados, vai dar mais liga ainda. Os próximos anos prometem.

É CAMPEÃO… É CAMPEÃO…

(sem revisão de texto)

Anúncios

2 Respostas to “É CAMPEÃO… É CAMPEÃO…”

  1. Raphael Says:

    Tá vivo, meu velho?! Só hoje li o mail que vc mandou para o Cruz de Savóia: acontece que o último texto publicado no meu “Vozes Palestrinas” já era seu, ligeiramente brega – como vc diz – mas sensacional. De resto, parabáns, somo tutti campeone, pau no cú das Bambina-Leopodinas, não consigo postar nada hoje!

  2. Ademir Castellari Says:

    Poxa Rapha, tava com o primeiro pé na Turiassu quando ouvi a primeira bomba de gás explodir e uma multidão correndo em minha direção, tive que volta para dentro. Aí você já sabe a história, não dava para sair pela Turiassu pela sutileza da polícia e não dava para sair pela Matarazzo pelo mesmo motivo, fiquei preso – em um canto – no fosso, logo abaixo da Turma do Amendoim. Quando cheguei aqui em casa já estavam por aqui o André e o Maurício. Abraço do Ademir (VIVO e FELIZ, muito FELIZ).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: