Drops

Ruim

Assisti ao jogo ontem ao lado de meu amigo Léo, aquele que carinhosamente me chama de ‘corneta’. Avisei a ele que minha paciência com o Capixaba estava por um fio. Não é que o Gladstone me fez esquecer a cornetagem ao Capixaba. O zagueiro verde parece que tem mesmo é que usar aquelas fraldas que o Luxemburgo ofertou a ele quando ainda jogava no Cruzeiro. É uma – desculpem o termo – ‘cagada’ atrás da outra.

Da posição onde eu estava pude perceber como se posiciona mal a nossa zaga. É só duas trocas de passe e uma bola enfiada e pronto. Cadê a cobertura? E olha que iniciamos o jogo com três zagueiro e dois volantes.

Os volantes, por falar neles, fizeram uma partida pífia. O Wendell nem notei sua presença, o Jumar (juro que esse nome deve ser por um problema de pronuncia quando do registro desse menino) perdidinho em campo. Resultado: a defesa que já é fraca ficou também exposta.

Bom

Outra excelente partida do Leandro, até gol fez – e foram logo dois, e do Diego Souza. Não entendo o que parte da torcida tem contra ele. Atrás de mim um monte de gente pedindo a saída dele e reclamando a cada tentativa de uma jogada. O Luxemburgo fez certo ao tirá-lo de campo, poderia ser expulso e nos desfalcar em Porto Alegre.

Ruim

Por falar em desfalque, mais um. Valdívia recebeu o terceiro amarelo e está fora do jogo contra o Grêmio. Não entendi o cartão dado a ele pelo juiz do jogo. A barreira andou e ele, nitidamente, procurou o Valdívia para dar o cartão.

Péssimo

Por falar em arbitragem esse é dos péssimos árbitros. Apita de longe, para não se comprometer, então – a qualquer esbarrão – falta. Não deixa o jogo correr. Típico de mau árbitro, pois se o jogo corre crescem as possibilidades dele cometer erros. Mas, nem assim escapou de cometer seus erros crassos. Anulou um gol legítimo do Palmeiras quando estava zero a zero (com a ajuda do auxiliar) e ainda não viu que Kleber Pereira saiu de impedimento para apanhar a bola de Fabão no primeiro gol do Santos. O nome da fera para ficarmos de olho: José Henrique de Carvalho.

Domingo

Domingo vamos a Porto Alegre enfrentar o agora líder do campeonato Grêmio, que ontem aplicou uma acachapante goleada no Figueirense (aquela equipe que suamos para empatar na semana passada em casa). Com essa zaga louca para ‘entregar’ é bom o Luxemburgo armar um esquema de cobertura eficiente. Espero que o Pierre esteja de volta.

Celso Roth

Fico imaginando o vestiário do Grêmio ontem. Os jogadores devem ter tomado uma bronca terrível do Celso Roth. Onde já se viu se expor dessa maneira!

Rumo à liderança e ao título

Estamos de volta ao G4 e a apenas quatro (4) pontos do líder. Domingo é partir para cima e arrancar essa vitória a todo custo. A liderança está próxima, quando lá chegarmos não sairemos mais e vamos para mais um título brasileiro.

Forza Palestra!

Uma resposta to “Drops”

  1. Catedraldeluz Says:

    Ademir:Aguardemos por boas novidades, neste domingo. Acho que algo de bom está reservado para nós.”Construir para poder conquistar! Acreditar sempre!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: