Não há de ser nada… e não é

Calma amigos, o resultado de ontem – apesar de termos perdido mais dois pontos para essa merda de time, dirigido por um merda de técnico; time esse que joga para empatar em casa, que ‘picota’ o jogo fazendo 300 faltas, todas com a anuência e complacência de Sua Excelência o ‘pior’ apitador desse país – não é o indício, nem o início, do fim de nossa sonho pelo 9o. título brasileiro. Tudo está sob controle. Explico o porquê.

Antes do início dessa rodada fiz algumas contas e cheguei ao resultado de que se o Palmeiras conseguir amealhar 22 pontos, dos 30 possíveis, será o campeão. Mas, para isso, terá que ‘roubar’ pontos daqueles que estão na briga direta pelo título. Ou seja, temos que vencer os confrontos diretos contra: bambis, Grêmio, Flamengo e Botafogo. Aí serão 12 pontos; mais três vitórias contra Ipatinga, Vitória e Goiás nos darão mais 9 pontos e chegaremos, nesta fase do campeonato, a 21 pontos; sobra ainda o jogo contra o Santos na Vila. No cálculo que fiz ainda haveria o jogo contra a ‘porcaria’ do Figueirense, como ganhamos apenas 1 ponto, é o que basta para atingirmos os 22 de meus cálculos. Com isso, chegaríamos a 75 pontos e um aproveitamento de 65,79% do total dos pontos, e 73,33% dos pontos dessa fase restante (30 pontos em jogo).

Para atingirem o mesmo percentual as outras equipes teriam que:

Grêmio
: marcar os mesmos 22 pontos e nos ultrapassar em número de vitórias, ou nos superar em saldo de gols (o que já fez ontem);

Cruzeiro
: teria que fazer 26 pontos, nos ultrapassar no número de vitórias e manter o saldo melhor que o nosso. 26 pontos significam, nesta fase, 86,67% de aproveitamento;

Flamengo: Idem Cruzeiro;

SPFW: Idem Cruzeiro e Flamengo.

SPFW, Flamengo e Cruzeiro, têm hoje – até a rodada 28 – um aproveitamento de 56,32% dos pontos disputados, ou seja, têm uma diferença de 30,35% para atingirem o percentual que nos tiraria o título, caso façamos os 22 pontos.

Convenhamos, tarefa difícil, pois isso significaria quase que dobrar o aproveitamento.

Conclusão: dependemos apenas de nós, de uma pequena secada no Grêmio – que é quem percentualmente – nos ameaça. Mas, principalmente, TEMOS QUE VENCER OS CONFRONTOS DIRETOS.

Esse exercício poderia se chamar Blog do PVC, são apenas números – que vão por terra com a mesma facilidade que foram alçados à categoria de interpretação da realidade -, mas, como eles gostam de números para balizar suas ilações sobre as possibilidades dos adversários e as impossibilidades do Palmeiras, resolvi fazer umas continhas (que inclusive podem estar erradas).

Puro ‘achismo’, pura torcida (acho que é assim que eles fazem).

Forza Palestra!

Anúncios

4 Respostas to “Não há de ser nada… e não é”

  1. Raphaello Says:

    Dessa vez não tô delirando, Ademir… tenta entrar no meu blog.

  2. André Seoane Says:

    Ademir / RaphaelloO que aconteceu com o Cruz de Savóia ?

  3. Carlos Roberto Says:

    Que porra é essa:O blog foi removidoDesculpe, o blog em cruzdesavoia.blogspot.com foi removido. Esse endereço não está disponível para novos blogs.

  4. Raphaello Says:

    É isso mesmo: me tiraram do ar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: