Amigos do rei

Há, sem dúvida nenhuma, uma marcha – diria inexorável – rumo a um mundo mais chato e quadrado… Enquadrado. O mercado está vencendo; nós estamos perdendo.

Há, uma minoria, mas que se investe de maioria e com seu poder construído de consensos, que tenta nos mostrar que o mundo é uno, enquadrado, quadrado, careta, e que tenta nos fazer pensar que não há saídas outras senão as do mercado.

Muitos crêem ser isso é a Verdade absoluta. Os que não crêem nessa Verdade são ‘acusados’ de serem pregadores no deserto; estes são, inclusive, os ‘oportunistas de oportunidade’. O novo tempo chegou; um tempo onde não há espaço para emoções; e, serei direto, para os torcedores de futebol. Estamos no tempo dos ‘consumidores’, aqueles que pagam por aquilo que lhes é oferecido.

Acabou o tempo dos torcedores; agora, meus amigos, paguem para ver. Seja nos estádios ou nas poltronas.

Eu, não sou daqueles que penso assim. Primeiro, porque odeio essa sociedade ‘clean’ onde emoções são substituídas por racionalismos superficiais, pelo mercado, pelo dinheiro.

Para mim futebol é arquibancada, mesmo que eu tenha que conviver com numeradas e setores ‘especiais’. O que não entendo é o porquê os dos setores especiais não me suportam, não me querem no convívio. O que não entendo é o porquê a existência deles tem que me fazer desaparecer.

Se for assim é guerra! Se for assim é ‘ódio eterno ao futebol moderno’. A maioria, aqueles que querem transformar em minoria, está reagindo. Isso não é só por aqui, é no mundo todo.

O que não enxergam os míopes é que a sobrevivência do futebol é – queiram ou não, isso é que é inexorável – dependente de TORCEDORES. Consumidores são volúveis e dependentes do humor do ‘mercado’: se meu time estiver bem eu acompanho, se estiver mal vou ver uma ópera…

Já vi muitas críticas ao comportamento da torcida do Palmeiras. Ela não incentivou o time quando ele precisava. Meus caros, isso faz parte de um novo perfil de ‘torcedores’, e costume-se com isso. É assim que acontece quando o torcedor é substituído pelo consumidor, afinal, esse cobra por aquilo que pagou; torcedor incentiva mesmo nos momentos de desgraça; consumidor quer a sua ‘satisfação garantida ou seu dinheiro de volta’.

Entendo nesse momento o porquê querer uma unificação dos cânticos das torcidas. Acho que querem a volta do ‘chefe de torcida; vamos precisar, de novo, das ‘gentes de bem’ nos estádios.

* * *

Os tempos são outros. O Palmeiras mudou, há – inclusive – uma mídia Palestrina. Não, não há. O que existe é apenas um conjunto de links que define um conjunto de blogues que tem no Palmeiras a sua razão de existir. Já ouvi isso.

Em um determinado momento esse blogues – críticos ao grupo de Mustafá Contrusi – serviram ao propósito de eleger a nova diretoria e que hoje é situação no clube.

Hoje, alguns se alinharam automaticamente a atual diretoria, outros preferiram um apoio crítico, mas todos buscam o bem do Palmeiras. Só que alguns ainda não entenderam isso.

Existem os blogues – da Mídia Palestrina, aquela que não existe – que são chamados para ‘encontros’ com a diretoria, e outros que não são. Isso é democracia.

Um amigo me disse uma vez que ‘se governa com os amigos’; acho que isso tem que ser assim mesmo. O que não pode é dizer que TODOS foram chamados. Não foi a mídia Palestrina, mesmo porque ela não existe, é apenas um conjunto de links, que foi convidada. Foram convidados os amigos do rei.

__________________
republicado com pequenas alterações

Anúncios

24 Respostas to “Amigos do rei”

  1. Binóculo Verde Says:

    Excelente post.Concordo com vc!!!Realmente estão tentando nos enquadrar, pouco a pouco, seja na nossa vida profissional, amorosa ou de torcedor.Mas o dia que tirarem os verdadeiros torcedores de futebol, o mesmo perderá sua magia e consequentemente, diminuirá o consumo.O que será o fim disso?

  2. Tânia"Clorofila" Says:

    Eu até fiz um pequeno comentário sobre isso em meu Blog, mas o seu texto é bem mais contundente e esclarecedor. Além de estarem fazendo com que o torcedor se torne apenas consumidor, estão agora dividindo a chamada Mídia Palestrina. Uma parte dela é a dos "amigos", tem a parte "Amigos dos amigos" e a outra que não é lembrada.Só não venham dizer que chamaram a Mídia Palestrina, pq não é verdade. Muitos sites importantes, até mesmo o site que fez a campanha para a mudança do logo da Suvinil, não foi lembrado. Chamaram apenas alguns amigos. Ficou esquisito…Tânia Clorofilawww.blogdaclorofila.sopalmeiras.com

  3. Catedral de Luz Says:

    What´s the price of peace? (Willian Somerset Maughan)."Construir para poder conquistar! Acreditar sempre!"

  4. Conrado Says:

    amigos, me desculpem, mas quem esta fomentando a divisao com esse tipo de discurso é voces.ja pararam para tentar entender por que uns sao chamados e outros nao?amigos? acho que nao.vou dar um exemplo cabal: o tiago do OV. a assessoria de imprensa me pediu o contato dele dois dias antes. nem o conheciam, mas quiseram que ele participasse. por que?sei la. quem chamou é que deve saber. amizade? nao, lamento, mas nao é por aí. houve criterios. voces sabem quais foram? nao? nem eu. mas houve, e nao foi amizade.entao, em vez de caminharem pelo caminho da discriminacao, sugiro que critiquem os criterios. e pra isso, procurem conhece-los. mandem um email para a libero assessoria.senao dá uma impressao ruim.abs

  5. Ademir Castellari Says:

    Conrado, como eu mesmo disse no post acho que é com os amigos que se governa. Qualquer que sejam os critérios a Libero e a diretoria não me devem satisfação alguma, o que não me impede – já que não devo nada a eles também – de criticar quando aparece por aí que foi a Mídia Palestrina que foi convidada para o encontro. Em primeiro lugar porque a mídia palestrina não existe, é somente um conjunto de links; em segundo lugar, porque – pelos critérios – somente alguns lá estavam. O fato de eu não ter sido convidado não me deixou tão irritado quanto ao fato de ler que foi a mídia palestrina que esteve lá. Por fim, não se pode fomentar divisões onde nunca houve unidade.

  6. Conrado Says:

    ademir, acho que eu perdi algo no meio do caminho. eu nao vi em lugar nenhum que TODA chamada MP esteve la. li que REPRESENTANTES da mesma foram chamados.por que uns foram, e outros nao, como eu disse, deve ser perguntado à assessoria de imprensa. e se nao é fomentar divisao, vamos mudar o nome: nao é necessario "estimular as desavenças". mesmo por que, sempre tem os que querem mais é ver o circo pegar fogo. nao acho que voce seja um deles, mas colocando por esse prisma, faz esse papel.abs

  7. Conrado Says:

    só nao entendo por que isso o irritou tanto, ja que voce mesmo se declarou outsider do que se convencionou chamar de MP.alias, o tal conjunto de links deixou de ser abstrato, ja que ha algumas semanas o cesar formalizou o dominio http://www.midiapalestrina.com.br. agora o dono da MIDIA PALESTRINA é ele hehe.

  8. Conrado Says:

    guerra? certeza?ok…

  9. Ademir Castellari Says:

    Bom, vamos lá Conrado.1. Eu realmente me disse outsider, e me considero assim. Aliás, precisamos definir mesmo o que é essa tal 'mídia palestrina' para que isso não seja apenas um conjunto de links quando interessa, ou um grupo, quando serve para, por exemplo, confrontar a grande imprensa. Ou, em outras palavras, quando o interesse definir isso. 2. Quanto ao ‘todos’ acho que pode ser paranóia minha, mas, veja: "Surpreendente a reação intempestiva do jornalista Juliano Costa diante da reunião convocada pela diretoria de futebol para a chamada 'mídia palestrina'". Não diz todos, mas também não diz alguns. Essa foi em seu blogue. Agora, no OV: “Em 2009, a diretoria de futebol do Palmeiras convidou representantes de veículos independentes palestrinos para uma apresentação sobre o estado de coisas do clube. […] “dirigentes palmeirenses proveram editores da Mídia Palestrina…” […] “… a Mídia Palestrina foi contemplada antes da imprensa tradicional…” […] “…o modo como tratou a apresentação da diretoria à Mídia Palestrina…”. Tb não disse todos, né? Mas, não disse também alguns. É que sou Palmeirense, e como tal, sou afeito às teorias da conspiração.3. Quanto ao termo guerra pode ter certeza que foi usado para designar que não ficarei calado contra o quer eu acho ser um processo de expulsão dos torcedores dos estádios. Guerra eu usei no sentido de que vou continuar minha luta, mas pode ter certeza que não será usado no conceito stricto senso, mas no sentido de lutar, mesmo que possa parecer que luto sozinho e serei derrotado, mesmo porque sou das boas batalhas, mesmo as incompreendidas e até aquelas que, ao final, podem representar a derrota.

  10. tiago s. Says:

    Ademir, na boa: a interpretação que faz do meu texto aí em cima não é bacana. Se tinha algum problema com o que disse no OV, que dissesse no começo, e diretamente a mim. Não vou gastar o meu tempo e o seu explicando o que já expliquei antes. Qualquer pessoa com o mínimo de noção que tenha lido as coisas que escrevi e escrevo no OV sobre a Mídia Palestrina sabe o que penso do assunto e as ideias que engendram meus argumentos. Valeu para as ações da Samsung. Valeu para a reunião da diretoria. E seguirá valendo para qualquer ocasião em que quaisquer donos de sites e blogs palmeirenses sejam acionados por algum ator do futebol palmeirense.Espero que agora esteja claro.

  11. Ademir Castellari Says:

    Tiago, Não tenho problema algum com o que você ou qualquer um escreva ou deixe de escrever; afinal, cada espaço tem a sua linha editorial e os blogues são, em última análise, espaços pessoais. Agora, me dou o direito de escrever, em meu espaço, aquilo que penso das coisas, e acho que esse 'encontro' foi tratado como 'revolucionário', mas que no fundo segregou alguns que tem uma linha editorial mais crítica à diretoria. No mais, quem sou eu para dizer o que as pessoas podem ou não escrever; mas, a internet é assim, democrática – ainda bem – com argumentos, contra argumentos, consensos e dissensos.Eu sei que fazendo assim, escrevendo o que eu penso, às vezes – ou na maioria dela – estou ferindo suscetibilidades, mas é melhor eu expor o que penso do que me calar, pois fosse de outra forma o espaço que procurei criar – e que mantenho com muito esforço devido à falta de tempo – perderia a razão de ser.No mais, também acho todas as ações no sentido de prestigiar os blogues de Palmeirenses (sejam da Sansung, da diretoria ou de quem quer que seja) válidas. Em momento algum disse que não são. Agora, não dá para aceitar que são ‘revolucionárias’ quando há qualquer forma de segregação. E, em meu entendimento, foi isso que ocorreu.

  12. Conrado Says:

    quando eu uso "chamada" midia palestrina, significa que nao necesssariamente eu concordo com a definicao. e note que eu procuro sempre usar o termos acompanhado com esse "chamada". percebe a coerencia?ja nao é a primeira vez que voce sugere que eu vou conforme o vento. isso porque voce me conhece ha quase 20 anos. puta que o pariu, viu…mas ja que é assim, deixa eu te perguntar: voce tambem acha que houve segregação no evento da samsung? acha que quem nao recebeu convite deveria abrir tambem sua propria guerra?abs

  13. Ademir Castellari Says:

    Conrado, vamos lá de novo, começando do final:1) Cada qual abre a guerra que quiser, né? Se alguém daqueles que escrevem sobre o Palmeiras, e que não foi convidado pela Sansung, quiser abrir a sua guerra, que o faça. Não sou eu quem define a guerra de ninguém. As minhas já me custam muito, na maioria das vezes perco e isso, meu caro, machuca. 2) Onde eu disse que VOCÊ vai conforme o vento? Se for no caso de usar-se o termo 'mídia palestrina' conforme a ocasião vc me entendeu mal, pois não fiz isso dirigido a você, aliás não dirigi isso a ninguém em específico, mas sempre que alguém critica a 'mídia palestrina' são – ou é – esses argumentos que aparecem. No seu caso, como exemplo, e você mesmo disse isso, é sempre usado o 'chamada', então, não sei por que vc se sentiu atingido pelo meu comentário. O termo 'mídia palestrina', aliás, eu usei muito, até perceber que não havia – e não tinha porque haver – uma unidade desses blogues.3) No comentário que fiz ao comentário do Tiago (OV) deixei claro que enxergo a internet como um espaço para argumento, contra argumento, consenso e dissenso, pois ela possibilita isso. Cada qual, em seu espaço, usando os seus argumentos e opiniões. Não fosse assim seríamos um único blogue, escrito a várias mãos, o que – com certeza – empobreceria o debate.4) Agora, não estou entendendo o que está havendo. Apenas expressei uma opinião, que está clara no post. Lá deixei claro que acho justo e correto a diretoria (ou quem de direito) convidar quem quiser para os encontros. Apenas não concordo que seja esse encontro tratado como revolucionário, diferenciado, pois se por um lado foi um fato pioneiro, por outro segregou outros espaços de Palmeirenses que pagam apenas por terem uma linha editorial um pouco mais crítica à diretoria. 5) Finalmente, em relação ao ítem 4: eu não falo em nome de qualquer blogue que seja a não ser o meu. Cada qual que se sinta a vontade para expressar o seu contentamento ou descontentamento quanto ao encontro. E o descontentamento aqui expresso é apenas o meu, de mais ninguém. Essa 'guerra' é apenas minha, para encerrar falando naquilo que comecei o comentário.

  14. Conrado Says:

    ok. de minha parte, finito. acho que foi valido.

  15. tiago s. Says:

    Ademir, na boa: o fato de ficar mandando recado por vias tortas persiste.E o modo como coloca o OV num suposto balaio de "amigos do rei" é, no mínimo, desonesto. É uma inverdade, e cria um ranço desnecessário.Parece que você tá batendo na coisa porque nem todos foram chamados (assim como aconteceu nas ações da Samsung). É isso? A diferença é que, sendo eu chamado ou não, consideraria (como considero) essa iniciativa pioneira. Porque, de fato, é. Ou você já viu outras instituições, do futebol ou não, fazendo isso por aqui?E, só pra terminar: na lista de veículos convidados enviada pela assessoria antes da reunião estavam, pelo menos, dois sites palestrinos notoriamente conhecidos pelo modo virulento como tratam o clube.Se você pelo menos trocasse uma ideia e perguntasse antes de atirar, teria, no mínimo, deixado de dar esse furo.Enfim, acho tudo isso sem noção. E repito: se tiver qualquer crítica ou dúvida ou seja lá o que for, seja direto e, antes de fazer ilações, entre em contato. E é isso.

  16. MARCELO AUGUSTO Says:

    BRINCADEIRA…ESSA DIVISÃO SÓ NOS ENFRAQUECE.NOSSOS INIMIGOS SÃO OS BAMBIS E NOSSOS RIVAIS OS GAMBÁS.CERTO?

  17. Ademir Castellari Says:

    Vamos lá Tiago, por partes: 1) Não mandei recado nenhum, só emiti uma opinião. Agora, como já disse para você, me guardo no direito de emiti-las. Ou seria o caso de na hora de elogiar fazê-lo pelo blogue e nas críticas pessoalmente? Ou então, quem sabe, parar de falar, fechar o blogue e só ler as opiniões alheias?2) Aí é que está o problema, uma iniciativa 'pioneira' sendo criticada, como foi aqui, porque em seu pioneirismo não houve o devido zelo em tornar critérios definidos. Quanto a dois veículos que tem críticas virulentas, e que estavam na lista, apesar de eu não tê-la visto, dirime um dos motivos de minha crítica; só por isso já valeu a discussão. 3) Bato na tecla de que nem todos foram chamados. É isso mesmo. Como alguns não foram na ação da Sangsung, e como já disse também, dou o direito de aqueles que lá não estiveram e se sentiram excluídos de fazerem o mesmo que estou fazendo. Eu não falo em nome de qualquer blogue que seja a não ser o meu. Cada qual que se sinta a vontade para expressar o seu contentamento ou descontentamento quanto ao encontro. E o descontentamento aqui expresso é apenas o meu, de mais ninguém. Essa 'guerra' é apenas minha, para encerrar falando naquilo que comecei o comentário. 4) No mais, vou repetir um item que já comentei em um comentário ao Conrado: "Agora, não estou entendendo o que está havendo. Apenas expressei uma opinião, que está clara no post. Lá deixei claro que acho justo e correto a diretoria (ou quem de direito) convidar quem quiser para os encontros. Apenas não concordo que seja esse encontro tratado como revolucionário, diferenciado, pois se por um lado foi um fato pioneiro, por outro segregou outros espaços de Palmeirenses que pagam apenas por terem uma linha editorial um pouco mais crítica à diretoria”. É assim que penso. Se você acha que estou sendo 'sem noção' e 'desonesto' é a sua opinião, não concordo, mas a respeito. Afinal, pensamos diferente e é isso que faz com que tenhamos dois 'veículos' distintos, senão seríamos apenas um, o que, como já disse também, empobreceria o debate, e hoje apenas aqueles que acham a visão 'pioneira' teriam omitido a sua opinião. Assim, teríamos um conjunto de links que expressariam o consenso.

  18. Ademir Castellari Says:

    Conrado, de minha parte também, e também acho que foi válido, afinal, é disso que se trata, discussão. São as palavras vencendo as 'guerras'. Um abraço. PS. Hoje, tomando um café, conheci um senhor que disse ser seu amigo, ele é pai do Thiago, do Palmeirasonline.

  19. Conrado Says:

    seu Odair, palestrino de primeira grandeza, a quem admiro profundamente. nao dá pra entender como o Thiago saiu daquele jeito (brincadeira hehe)

  20. Daniel Modernel Junqueira Says:

    Bom dia senhores, eu também tenho um blogue, ele é pequeno e humilde, não é como o de vocês que tem milhares de page views por dia. Obviamente nãofui convidado para nenhum destes eventos, nem por isso deixei de divulgar eles em meu blog ou de falar bem da iniciativa. Penso imagina se a Diretoria do Palmeiras tivesse que convidar todo mundo que escreve do Palmeiras em blogues. Seria muita gente, aposto que até jornalistas consagrados iriam criar blogues do Palmeiras.Porém em certo ponto concordo com o Ademir e me senti triste por não ter sido lembrado em nenhum evento. Mas não é por isso que irei desistir. Não podemos nos desunir pessoal.um grande abraço a todos! acho que tudo isso acabou sendo um erro de interprestaçao que vai se resolver.Danielilpalestra.blogspot.com

  21. Daniel Modernel Junqueira Says:

    Ademir so pra reiterar o que estou dizendo segue post que fiz no site Cruz de Savoia e reitera meu ponto de vistaabraços!Bom, foi como eu postei no proprio blogue do Ademir:Eu realmente acho que a diretoria tem o direito de convidar quem ela quiser, ou achar mais interessante para opinar, mas chamar essas pessoas de mídia palestrina é muito diferente. Pois não expressa toda a verdade.Claro seria impossivel convidar todo mundo que fala do Palmeiras na internet imagina, ia até ter jornalista bambi fazendo blogue do Palmeiras pra ser convidado pra eventos.Por um outro lado entendo muito bem o que o Ademir sentiu ou sente. Mesmo eu sendo um blogue pequeno, re-afirmo BLOGUE PEQUENO, não tenho os milhares de acesso de vocês, me senti "segregado". Poxa não precisava ser convidado para tais eventos Camarote Samsung ou esse no apart hotel, mas podia ter sido informado que iria ter e re-passar a informaçao aos meus poucos leitores! Isso sim seria o certo!Voce manda a informaçao e nao o convite para todos os BLOGUES (MIDIA PALESTRINA) e eles tomando consciencia, sendo convidados ou não, resolvem se vão divulgar a noticia ou não.

  22. Daniel Modernel Junqueira Says:

    Ademir se me permite fiz um post em meu blogue sobre esse assunto se possivel voce poderia ler?é uma sugestao que eu dei. um abraço

  23. palestraimortal Says:

    Ola Ademir, Permita-me:http://palestraimortal.wordpress.com/2009/09/16/a-midia-que-nunca-existiu/

  24. Daniel Modernel Junqueira Says:

    Creio que a união dos posts do palestraimortalhttp://palestraimortal.wordpress.com/2009/09/16/a-midia-que-nunca-existiu/do cruz de savóiahttp://cruzdesavoia.wordpress.com/2009/09/16/a-papagaiada-sendo-feita/e o meu http://ilpalestra.blogspot.com/2009/09/midia-palestrina.htmlse completam e falam tudo que penso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: