Lincando: E aí, vão deixar o Professor brigando sozinho?

Via: Palmeiras World

Do alto de sua estatura moral, política e social como uma das figuras mais importantes e idôneas da sociedade brasileira, o Professor Belluzzo em entrevista coletiva ontem não apenas reiterou todas as suas acusações sobre a arbitragem criminosa de Simon durante o jogo do Palmeiras contra o Fluminense no Rio, como também torpedeou o STJD com uma informação inedita de que um dos auditores do dito tribunal teria indicado que se Vagner Love fosse do Flamengo o jogador teria tido tratamento especial em seu julgamento. Belluzzo foi mais longe, dizendo que planeja entrar na justiça comum contra Simon por danos e perdas, e também atacou a Rede Globo contra os mandos e desmandos na mudança de datas de jogos do Palmeiras o que vem prejudicando a preparação do time para a competição.

O estopim aceso de forma corajosa (apesar de tardia) por Belluzzo se alastrou por todos os meios de comunicação e tem sido amplo material de debate de um modo geral. Agora fica a pergunta:

Além do apoio da torcida e de blogs palmeirenses, por que o resto da comunidade Palmeiras está tão quieta? Por que estão deixando o Professor brigar sozinho? Por que não usar este momento importante para catalisar uma movimento maior envolvendo todos os setores da comunidade palmeirense a fim de trazer respeito e moralidade para a maneira com que a CBF, a comissão de arbitragem, o STJD, a Rede Globo e a imprensa de um modo geral tratam o Palmeiras?

O que esses setores mais desejam neste momento é tornar essa briga uma cruzada pessoal de Belluzo para aliená-lo no processo. A suspensão de Simon pela CBF é uma maneira de agir rápido para abafar o incêndio com o objetivo de manter o status quo. A tática deles é deixar passar uma ou duas semanas para que o tema perca o impacto e seja esquecido. Daqui a um ano o Simon estaria apitando na copa do Mundo, São Paulo ou Flamengo estaria nos registros da história do futebol brasileiro como campeão de 2009, o STJD continuaria com sua corja de “torcedores procuradores” beneficiando seus interesses, e o Palmeiras continuaria como o “clube de italianinhos” que todo mundo adora chutar e prejudicar.

Pois eu acho que se não capitalizarmos no momento e na força das declarações do Belluzzo agora, perderemos uma grande oportunidade de limpar muita sujeira no futebol brasileiro.

Portanto, eu pergunto:

– Aonde estão os palmeirenses ilustres (músicos, atores, politicos, pesquisadores, ex-jogadores) que deveriam nesse momento vir a público e dar apoio ao “movimento Belluzzo”?

– Será que José Serra, o palmeirense mais importante na esfera política nacional, vai deixar de se escondar atrás do twitter, parar de fazer “brincadeirinhas sobre a arbitragem” e finalmente aparecer em publico de maneira enfática e apoiar o Professor?

– Onde está o resto da Diretoria? Este é o momento de aparecer na mídia e mostrar que a briga nao é apenas do Belluzzo mas de todo o clube.

– Onde estão os MALDITOS CONSELHEIROS do clube, gentinha que sabe muito bem fazer politicagem pequena nos corredores do Palestra Itália ou de vazar informações confidenciais para a imprensa? A grande maioria dos membros do conselho do clube se trata de gente importante na comunidade brasileira. Deveria ir a publico e mostrar o seu apoio.

Muricy: não fique em cima do muro dizendo que “não comenta erros de arbitragens”. Fale abertamente o que voce vê em campo.

Torcidas organizadas: deixem de encher o saco do time (pelo menos por ora) e concentrem suas forças apoiando o Professor.

Blogueiros palmeirenses: não desanimem. É graças a presença da midia social palestrina que nossa comunidade tem recebido informações importantes que normalmente ficariam ocultas pela imprensa. Não digam que o futebol é podre. O futebol brasileiro é podre. Os europeus que já lidaram com hooligans (Inglaterra, Espanha e Itália), arbitragens corruptas (escândalo de arbitragem na Alemanha) mas conseguiram resolver (ou minimizar) os problemas e transformaram o esporte em algo lucrativo, divertido e acessível a todos. Por que não podemos fazer o mesmo no Brasil?

Torcedores do Palmeiras: quem vai ao estádio, procure apoiar o time nesta reta final. Deixe para xingar os chutões do Marcão, as burradas do Armero, ou as maluquices do Muricy DEPOIS do final do campeonato. Vamos inundar o site oficial do clube com mensagens de apoio ao presidente. Vamos inundar as caixas postais da CBF, do auditor do campeonato brasileiro, da FIFA, da Globo deixando claro que o que o Belluzzo está dizendo é exatamente o que nós, torcedores e consumidores, pensamos.

Creio que Belluzzo deveria criar uma comissão interna no clube para levar adiante as denúncias. Entrar com processo judicial de danos e perdas contra Simon em nome do clube (não do Belluzzo). Enviar documentos à FIFA e CBF pedindo que Simon não faça parte dos árbitros que apitarão na copa de 2010. Entrar com medidas legais para que o auditor do STJD (o tal de Flux) seja removido devido a conflito de interesses. Exigir à CBF que o quadro de auditores e procuradores do STJD seja re-estruturado. Rejeitar as mudanças de tabela imposta pela Rede Globo sob risco de paralisação judicial do campeonato.

Ao clube Palmeiras: que tal organizar um mega evento de apoio ao Belluzzo (talvez antes do jogo contra o Sport) contando com a presença de palmeirenses ilustres, conselheiros, ex-jogadores, etc?

É inadmissivel que um clube que tem a 3a ou 4a maior massa de torcedores do Brasil (e portanto consumidores, leitores, telespectadores) seja tratado pela CBF, pela arbitragem, pelo STJD e pela mídia, como se fosse um pequeno clube de várzea. Não estamos aqui exigindo que sejamos tratados com regalias, ou que nosso presidente passe a participar do jogo sujo de bastidores. O que exigimos é um basta a arbitragens e julgamentos que consistentemente beneficiam alguns e prejudicam outros.

Nós, palmeirenses, não podemos deixar o professor brigando sozinho!

E aí, vão mesmo deixar o professor brigar sozinho? Nós, aqui não.

Todo apoio ao Beluzzo, todo apoio ao Palmeiras.

Forza Palestra!

Anúncios

2 Respostas to “Lincando: E aí, vão deixar o Professor brigando sozinho?”

  1. Everaldo ÉfeSilva Says:

    Excelente, Ademir!!!!Como disse o professor, não façamos coro à boa educação dos hipócritas.FORZA PALESTRA!!!!!PARABÉNSM,BELLUZZO!!!

  2. Everaldo ÉfeSilva Says:

    Reparos devem ser feitos ao texto do Mauro, quando, por exemplo, fala inapropriadamente das organizadas, mas o ponto central é louvável: não deixar o professor sozinho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: