Impressões sobre o Derby

Ontem, por conta de uma ‘baleiada’ de meu modem, fiquei o dia todo sem internet, o que somente foi resolvido durante a noite, por volta das 22h00. Por isso, não pude passar as minhas impressões, o que faço agora, sobre o Derby.

Derby é guerra

Só o fato de recebermos o maior clássico do planeta na capital, de onde nunca deveria ter saído, já seria motivo mais que suficiente para o Derby ter recebido um público maior do que recebeu. Porém como a ganância dos organizadores, dos ‘iluminados’ dirigentes e marqueteiros é gigantesca, resolveram cobrar R$ 40,00 por uma arquibancada em um final de mês (ok, início de mês), onde a maioria dos trabalhadores (sim, torcedor trabalha, tem família e vive de salário!) ainda não havia percebido seus míseros proventos, isso fez com que o público não tomasse todas as dependências do próprio da municipalidade. Mas, mesmo assim, 25.139 torcedores se fizeram presentes e viram um jogo que honrou as tradições de um Palmeiras X Corinthians.

Se o jogo não foi um primor técnico – e quem quer saber de técnica em um Derby? – foi cheio de alternativas, lances de perigo para ambos os lados, alguns mais ríspidos (como tem que ser em um Derby) – só não sei como alguém não quebra a perna daquele anão gambá que insiste em ser desleal e ainda por cima vive marcando contra a gente -, erros da arbitragem (sempre contra a gente) e, no final, um 1 x 1 que não foi bom para nenhuma das equipes.

O empate em 1 x 1 acabou por dar visibilidade novamente a uma figura nefasta ao Palmeiras: o péssimo ‘apitador’ (soprador de latinha, o vagabundo, safado, salafrário, sem-vergonha, vendido) Paulo César de Oliveira. E não foi por falta de aviso, pois esse ‘pederasta’ é useiro e vezeiro em nos prejudicar, basta para isso uma breve passagens pelos blogues Palestrinos na semana do clássico para vermos o quanto ele ‘apita’ sempre contra o Palestra. Mas, nossos ‘iluminados’ dirigentes são desportistas, e acham que as coisas somente se resolvem dentro de campo; enquanto isso, seguimos fazendo dossiês e mostrando como somos prejudicados pela arbitragem para, quem sabe um dia, alguém que dirija nossa equipe nos bastidores tome alguma atitude e vete, como fazem os outros, aqueles que nos prejudicam.

A torcida Palestrina foi um espetáculo à parte. Saí em caravana juntamente com a torcida Alviverde da frente do Palestra. Já ali, mostramos que não há estatuto, marqueteiros, dirigentes, promotor e políticos procurando promoção, que nos façam desistir de nossa paixão pelo futebol e pelo Palmeiras. Aproximadamente 10.000 torcedores seguiram juntos entoando seus gritos de guerra (sim, gritos de guerra!) por todo o percurso até o Pacaembu. O que não se deixou de fazer durante todo o jogo e após o seu final. As ofensas, de ambas as partes, que querem criminalizar com esse maldito estatuto, seguiu pelas ruas da capital, mostrando que o espírito do Derby é o de uma verdadeira guerra! Que nem por isso, teve baixas.

Quem fica inventando estatuto(s) para ‘pacificar’ torcedores e transformá-los em consumidores não perde por esperar, pois domingo mostramos que podem tentar nos afastar dos estádios, mas resistimos – e seguiremos resistindo, mesmo que não queiram mais nossa presença nos estádios.

Palmeiras

É nítido que Felipão, mesmo sem ainda contar com os reforços que solicitou, já vai dando uma cara de time a esse elenco. Poderíamos ter vencido, como poderíamos também ter perdido, mas o importante a destacar são dois aspectos: a) mesmo saindo atrás no placar o time não se desesperou como fazia até há pouco tempo; e, b) o time lutou e correu atrás da vitória, sem temer o adversário, até o final do jogo. Quando eu disse que não precisávamos de um técnico, mas sim de Felipão (que é mais que isso), era disso que eu falava. Que venham os reforços que ainda dá para alcançarmos os líderes.

Forza Palestra!

Parabéns Torcida que Canta e Vibra!

Tags: , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: