Brasileirão – Pontos corridos

Pontuação acumulada pelos times da Série A no histórico dos PONTOS CORRIDOS:

1) São Paulo – 568

2) Cruzeiro – 527

3) Internacional – 517

4) Santos –  511

5) Flamengo – 463

6) Atlético/PR – 463

7) Fluminense – 455

8 ) Goiás – 452

9) Corinthians – 431

10) Palmeiras – 428

11) Grêmio – 404

Observações:

A) Do 12o. em diante a pontuação está abaixo da casa dos 400 pontos. Esse foi o critério de corte que utilizei;

B) Dos onze (11) apresentados o terceiro (Internacional); o sexto (Atlético/PR); o oitavo (Goiás); o décimo (Palmeiras); e, o décimo primeiro (Grêmio) ainda não foram campeões desde a instituição do critério dos pontos corridos.

C) Goiás, Corinthians, Grêmio e Palmeiras não disputaram todas as edições, pois disputaram uma edição da série B por conta do rebaixamento. No caso do Palmeiras o rebaixamento se deu no ano anterior à instituição desse critério (pontos corridos), assim, ele não disputou justamente a primeira edição (2003).

O que esses números querem dizer? Não sei, são somente números, mas a uma conclusão pode-se chegar, o argumento utilizado de que os pontos corridos premiam a regularidade, é – via de regra – verdadeiro. Se isso é importante ou não, é outra questão.

Outra constatação é a de que Flamengo e Fluminense, ambas ridicularizadas – diuturnamente – pela imprensa esportiva por não terem estrutura, se mantém entre os dez (10) mais regulares no histórico.

Além disso, os especialistas da imprensa esportiva deveriam, sempre que possível, se debruçar sobre os números, pois vivem dizendo sobre – vejam só – a irregularidade de Flamengo e Fluminense.

Por último, os números estão corretos, porém não sei se haveria outro critério a ser utilizado, pois como podemos observar há campeonatos com 24, 22 e, finalmente, 20 equipes disputando. Isso, com certeza, dá vantagem – por exemplo – às equipes que disputaram o certame em 2003 (nos pontos acumulados), pois tiveram um maior número de pontos em disputa.

Tabela:  Brasileirão

Tags:

2 Respostas to “Brasileirão – Pontos corridos”

  1. Fernando Cesarotti Says:

    Ademir, uma solução justa para equiparar os rebaixados seria usar o aproveitamento médio de pontos. O Palmeiras sobe um pouco nesse índice, inclusive.

    Se não me engano esse critério é utilizado no campeonato argentino. A média de dois campeonato.

  2. Fernando Cesarotti Says:

    Lá a média de dois campeonatos (um ano) vale uma vaga na Libertadores e a média dos últimos seis (três anos) é que conta pro rebaixamento

    No fim, acho que isso é que faz com que todo time argentino entre na Libertadores com força, pois não precisa se preocupar com o campeonato nacional (clausura ou apertura) daquele semestre. Enquanto aqui, temos que disputar Libertadores, campeonato nacional e disputamos em pé de igualdade com aberrações feito o tal Grêmio (Barueri/Prudente) Itinerante. Valeu pela informação.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: