Derby – Republicando…

No filme “Boleiros, Era uma Vez o Futebol” (1998, direção de Ugo Giorgetti), o treinador do time do Palmeiras, interpretado por Lima Duarte, ao ver o craque do time, Fabinho Guerra (Paulo Coronato), ser insistentemente assediado em pleno hotel da concentração por uma “Maria Chuteira” (Marisa Orth), profere a seguinte frase: “… Ela não sabe o que é um Palmeiras x Corinthians…”.

Pois bem, neste final de semana teremos o Derby (como ficou conhecido o jogo). Impossível dizer o que é um Palmeiras x Corinthians. Impossível dizer o que significa esse jogo, entretanto não preciso nem dizer o que significa ganhar ou perder esse que é o maior clássico de São Paulo, quiçá o maior do Brasil e um dos maiores do mundo.

Um Derby é mais que um jogo. Um Derby é uma celebração. Um Derby é a afirmação do vencedor ou a derrocada do perdedor. Um título que você ganha sem ter vencido o rival estará maculado. De que adianta ganhar o título se no jogo mais importante do campeonato você fracassou? Um Derby é uma batalha.

Essa batalha é – para nós Palmeirenses – a mãe de todas as batalhas, o Clássico dos Clássicos (isso mesmo, com letra maiúscula), o jogo dos jogos, a derrota das derrotas, a vitória das vitórias…

Muitos ‘pernas-de-pau’ se consagraram no Derby (de ambos os lados). Muitos craques caíram em desgraça por fracassarem neste Clássico.

Apesar de não carregar em sua história traços e conflitos religiosos como Celtics x Rangers, de nacionalismo como Barcelona x Real Madrid, de afirmação de lideranças oligarcas como Milan x Juventus, o Derby trás em sua história – segundo o livro “Imigração e Futebol: O Caso Palestra Itália”, de José Renato de Campos Araújo – uma rivalidade que remonta à origem das duas equipes, e que tem como pano de fundo uma questão econômica e social. Quem quiser saber a história toda, baixe o livro clicando aqui.

[…]

Esse jogo é o mais importante para a torcida do Palmeiras pela tradição, por uma rivalidade histórica. Isso, marketing nenhum pode suplantar e nem inflar artificialmente. O Derby é o momento mais importante e o mais esperado por nossa torcida. Os outros jogos são apenas mais alguns jogos para cumprir tabela por algum campeonato qualquer.

Enfim, domingo é o dia. Domingo não é apenas um jogo, domingo é o dia de vencer (se possível humilhar e atropelar) nosso maior rival.

Por isso, FORZA-PALESTRA!

Tags: , ,

4 Respostas to “Derby – Republicando…”

  1. Giuliano Says:

    Para se ter um pouco de idéia do que significa este jogo, dê uma olhada na postagem do meu blog: O Garotinho Palmeirense.paixaopalestrina.blogspot.comHoje: 2×0 Palestra!Giuliano.

  2. Marcus "Robinho" Says:

    Apesar de eu não concordar totalmente com isso, é o que muitos dizem: “é o jogo que pode salvar nosso ano”. Se existe um jogo com esse poder, é o derby

  3. Paulo Marcio (@Pauloporco) Says:

    Derby é derby. Seja no infantil de futsal, seja no botão, seja no par ou impar. Nenhum outro clássico nacional tem a importancia desse jogo. Aguns podem citar outros clássicos, mas estamos falando do maior Estado da União e seus dois maiores rivais. Não tem essa conversa de co-irmão, de ser apenas mais um jogo. Dentro das quatro linhas de um Palmeiras x gambas, o que acontece entra pra História do futebol.
    O jogo do próximo domingo é mais um derby – e como já dissemos, por si só já representa demais – porem, não salva o ano de um time que se mostrou conformado com resultados ruins, uma diretoria fraca e ridícula e um presidente que jamais poderia ter assumido o cargo.
    É a chance desses jogadores que estão de passagem pela gloriosa Sociedade Esportiva Palmeiras, pelo um vez no ano, se mostrarem dignos dessa honra. É obrigação deles correrem, lutarem, jogarem.. ou seja, fazer tudo o que deixaram de fazer muitas vezes nesse triste 2011.
    Eu quero ganhar, voce quer ganhar, toda torcida palestrina quer ganhar.
    Que a mistica do nosso manto alvi-verde envolva a todos nesse próximo derby., principalmente aos atletas que entraram em campo.
    O derby NUNCA é um simples jogo.. EU sei disso, VOCE sabe… o recado fica pros jogadores. Voces representam milhões de apaixonados pela Sociedade Esportiva Palmeiras.. é hora de mostrarem pelo menos em dia de suas vidas que mereceram tal honra.

  4. Ademir Says:

    Senhor Everton Castro, o vosso comentário foi deletado, não lhe darei o gosto. Você deve ser daqueles que nunca vão a estádios, mas na hora das vitórias surgem para arrotar como se fossem responsáveis por algo. Modinha!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: