Chega!

Não sei o que pensa a maioria da torcida Palestrina, mas eu não me conformo com o que a diretoria vem fazendo com a nossa torcida. É Presidente Prudente, é Canindé, é Barueri…

A mais nova e brilhante iniciativa é que seis jogos que seriam no Pacaembu foram transferidos para a Arena Barueri, dois deles clássicos (SPFC e SFC), alguns deles no horário das 18h30, seja de domingo ou em algum sábado.

Dizem que foi pedido do nosso técnico e dos jogadores, pois eles não se sentem bem no Pacaembu (fato, aliás, já confirmado de própria voz por nosso técnico). Eu já disse que “quem não se sente bem no Pacaembu, aliás, quem não se sente bem em cancha alguma ultimamente é a torcida do Palmeiras, por conta desses jogadores e dessa comissão técnica”.

O fato é que nossa paciência com essa falta de respeito está começando a ter reações. Gente que vejo na arquibancada há 5, 6, 10 anos, faça chuva ou sol, seja no Pacaembu, em Barueri, no Canindé ou alguns outros estádio por aí, começam a ser cansar com o desrespeito e já cogitam abandonar por algum  tempo a arquibancada. É triste, mas compreensivo, pois eu mesmo começo a pensar nisso.

Hoje à tarde o diretor jurídico do Palmeiras (Piraci) disse que os jogos foram mudados por conta de coincidências de datas e horários com outros jogos no estádio da municipalidade e/ou na cidade, no que foi veemente contraditado pelo amigo @pepereale (é só ir lá no twitter e conferir).

A verdade é que seja pedido de nosso técnico e/ou desse grupo de jogadores, a diretoria deveria dizer que o importante para o Palmeiras é sua torcida,  e que quem veste o manto alvi-verde tem que jogar para vencer e sem medo em qualquer estádio, principalmente naquele onde conquistamos grandes títulos de nossa história. Chega de ser itinerante por conta de superstição (nunca perdemos aqui!), de conveniência financeira e de covardia de jogadores meia-boca. O Palmeiras tem história e é grande para submeter – e se submeter – a sua torcida a isso.

O que está claro nessa história toda é que temos uma direção fraca, que se submete a todos os caprichos do treinador, sejam eles na contratação de jogadores de qualidade duvidosa ou nessa insistência em desrespeitar a torcida e nos tornar um time itinerante, sem que a torcida saiba onde o time vai jogar, e que é “empurrada” sempre para onde ela menos aprecia.

Isso, esse desrespeito com a torcida, em um momento de (re)lançamento de programa de sócio torcedor é, no mínimo, uma estratégia pouco inteligente. Até parece de propósito.

Amanhã, em Barueri, pela Copa do Brasil será meu último jogo naquele local, até porque o ingresso já está comprado e o FutebolCard cobra R$ 6,00 só para cancelar pedidos. Nos demais jogos lá farei, sem pedir que ninguém me acompanhe, um protesto solitário e não irei ao jogo.

Sei que o maior penalizado com isso serei eu mesmo, pois me privarei daquilo que se tornou quase que uma religião: frequentar a arquibancada em jogo do Palestra. Mas, isso é uma maneira – mesmo sabedor que sou que não surtirá efeito – de ficar bem comigo mesmo e com o time (a camisa, a mística, a história) que amo. Os dirigentes, a comissão técnica e os jogadores (os atuais e vários de um passado recente) não merecem meu esforço.

É com o coração partido que escrevo isso, mas a incompetência e a má vontade estão me esgotando e me vencendo.

Chega de pregar no deserto!

Tags: ,

3 Respostas to “Chega!”

  1. José Guilherme Lima (@jglima_) Says:

    Eu tenho uma sugestão… que o Palmeiras manda seus jogos e Belém. Aí é be longe da torcida que ama o time, mas que eles sentem “medinho” de jogar perto… ou mesmo longe do estádio que é a “casa dos outros”, nem é a casa onde ganhamos vários títulos, não é mesmo?

    Vão jogar em Belém, bando de frouxos!

  2. Gerson Guarino Says:

    Ótimo texto Ademir ,não somos palhaços ,mas sim apaixonados e consumidores tb . Chega !

  3. Palmeiras sempre (@edusilva_04) Says:

    Isso é uma falta de respeito muito grande com a torcida que por sinal esta sempre com o time AH da Sociedade Esportiva Palmeiras se não fosse essa torcida maravilhosa com esses velhos arcaicos comandando o clube ja teria deixado de existir Bando de palhaços !
    Mas vcs não vão conseguir destruir essa historia maravilhosa por nos torcedores não vamos deixar ! Belo texto Ademir parabens !

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: