Archive for the ‘Leitura’ Category

Recomendo

04/08/2010

Recomendar uma leitura é algo extremamente sério. Livros agradam alguns, desagradam a maioria. Forma, conteúdo, o tema a ser abordado, tudo é motivo de discussão e polêmicas. Por isso, sou extremamente parcimonioso quando indico algo aos meus amigos.

O livro “coadjuvantes”, de Gustavo Piqueira, que estou indicando a leitura, não é um sobre heróis, sobre vencedores; pelo contrário,  é a história de perdas e perdedores, é a história de anos e anos em que fomos sendo forjados nas derrotas, de anos e anos em que o Palmeiras foi – e nos transformou – em motivo de piada.

Porém, essa leitura nos lembra que ao fim descobre-se que nas perdas é que surgem os vencedores, pois é aí, nos momentos de dificuldade, que são criados os verdadeiros torcedores, aqueles que lá estarão sempre, se ganhe ou se perca.

Confesso que terminei o livro aos prantos, porque as situações e passagens narradas por Piqueira fazem parte do meu imaginário de torcedor Palmeirense. Cada derrota, cada ‘craque’ que não passava de um cabeça-de-bagre, não vingava, mas que eram a esperança de novos tempos, tenho em minha memória, da mesma forma que o autor.

Vale a pena a leitura!

Breve Sinopse:  Coadjuvantes é um romance que passa longe do tom piegas ou da piada fácil para nos mostrar as comédias e tragédias a que todos torcedores apaixonados ou não estamos sujeitos durante o percurso de descoberta e construção de nossa personalidade. Um livro sobre futebol sem craques, vitórias ou dados estatísticos. O amargo jejum de títulos vivido pelo Palmeiras entre 1976 e 1993 é aqui narrado sob a ótica de um torcedor comum que cresceu assistindo a infindáveis derrotas e humilhações sofridas por seu time, ao passo que sua própria vida parecia não experimentar melhor sorte.

Sobre o futebol – artigos, teses…

26/04/2010

O segundo link para artigos e teses sobre o futebol é: A crise do futebol brasileiro: perspectivas para o século XXI”, de Ronaldo Helal e Cesar Gordon. Vejam o que diz o resumo do artigo:

O século XX foi, no Brasil, o século do futebol. Desde sua introdução no país, o antigo “esporte bretão” passou por um verdadeiro processo de incorporação cultural até se constituir no que os brasileiros chamam de “a paixão nacional”, como se com isso quisessem afirmar que o futebol é quase uma propriedade nossa, que fomos talhados para o futebol, que não só o nosso futebol é o melhor do mundo, como o país é o lugar do mundo onde mais se ama e se entende o futebol. Tudo isso está bem sintetizado no epíteto “Brasil, país do futebol”, já solidificado não só no imaginário nacional, mas também fora do país, principalmente em decorrência da supremacia brasileira em Copas do Mundo, após as quatro conquistas (1958/1962/1970/1994).

Querendo ler mais sobre o futebol é só acessar os links, do lado direito do blogue. Querendo ler esse artigo em específico leia aqui.

Boa leitura!

Sobre o futebol – artigos, teses…

22/04/2010

Para aqueles que querem entender o futebol para além das quatro linhas, como uma manifestação da cultura popular, como uma metáfora/caricatural – que expões e desnuda a nossa sociedade, estou inserindo aos pouco nos links alguns artigos, teses e afins sobre o “esporte do povo”.

Já são vários por lá. O primeiro que citarei, e um dos mais antigos por aqui, é:  “A parte que te cabe neste latifúndio: o futebol
brasileiro e a globalização”, do professor Marcos Alvito. Como aperitivo, aí vai uma passagem do mesmo:

Não há como negar a existência atual de um mercado de trabalho mundial para jogadores de futebol profissional. Esta nova configuração tem afetado profundamente a existência e o funcionamento dos clubes brasileiros, pois na nova ordem do futebol mundial a parte que cabe ao Brasil é a de formador de «pés-de-obra» para serem oferecidos ao mercado internacional [pag. 452].

Querendo ler mais sobre o futebol é só acessar o link, do lado direito do blogue. Querendo ler esse artigo em específico clique aqui.

Boa leitura!